Marília, 24 de junho de 2017
   Apresentação

   Classificados

  Ortopedia
Coluna
Joelho
Quadril
Ombro
Artroscopia

  Fisioterapia
Hidroterapia
Reab. Postural
Eletrotermoterapia

  Ortopedia
punho
cotovelo
osteoporose

3ª idade
Geral
odontologia
Terapia de Ondas de Choque
neurologia

3ª IDADE
3ª IDADE

Ortopedia - pé

FASCIÍTE PLANTAR

O que é
 
     fasciíte plantar é uma inflamação dos tecidos que formam o sistema de sustentação do apoio plantar ( fascia ), tendo origem no calcaneo e inserção distal nos dedos dos pés
     a sua característica clinica é provocar dor na planta dos pés , geralmente causada por microtraumatismos ou processo inflamatório secundario de algum tipo de patologia, sendo a dor provocada por reação "as forças de tração durante a caminhada ou sustentação em pé , estatico prolongado.
 
As causa mais comuns são:
 
1- diferença entre o comprimento dos membros inferiores
2- pronação excessiva da sub talar ( pé cavo )
3- falta de flexibilidade do arco plantar longitudinal
4- falta de elasticidade da musculatura da pantorrilha
 
outras causas mais provaveis e/ou associadas :
 
1- tempo prolongado em posição estatica
2- obesidade
3- uso de calçados inadequados durante atividade física
4- aumento de tamanho do passo durante as corridas
 
Principais sintomas
 
1 - manifestação insidiosa, pior pela manhã ou após período de repouso
2 - dor persistente na planta dos pés sob o calcanhar, aumentando muito depois de atividades físicas forçadas e com algum repouso entre as atividades
3 - geralmente a dor melhora após alguns passos , podendo persistir durante todo o dia.
 
Como fazer o diagnóstico :
 
historia clinica, exame físico bem feito , podendo descartar outras patologias com clinica associadas ( ciatica ) , tipo de apoio ao andar, a palpação da fascia plantar é bastante dolorosa e pode ter inclusive nódulos locais , limitação para extensão posterior dos membros inferiores por retração das pantorrilhas e o exame de rx pode mostrar esporão local com até fraturas por trauma e o ULTRASOM confirma a suspeita clinica, mostrando a aponeurose plantar aumentade de volume muito acima do normal que é em torno de 4,0 mm.
     podem ser realizados outros exames com cintilografia, ressonancia magnética e ...., mas poduco melhoram na elucidação diagnóstica e encarecem bastante o tratamento.
 
TRATAMENTO
 
sempre se começa pelo mais simples que são :
 
1 - redução das atividades físicas que provocam os traumas
2 - palmilha para reabsorção de impacto
3 - fisioterapia com uso de ultrasom , fonoforese , iontofotrese , alongamento das cadeias posteriores dos membros inferiores, crioterapia ( terapia por gelo ) ,
4 - TERAPIA POR ONDAS DE CHOQUE, tratamento mais atual e reconhecido pelo F.D.A., COM ALIVIO ALGICO IMEDIATO PÓS APLICAÇÃO E CURA  COM  + OU -   70% DE PROBABILIDADE COM UMA UNICA APLICAÇÃO E TEMPO DE ESPERA PROGRESSIVA EM TORNO DE 90 DIAS.  Se não atingir a  cura plena ,  pode ser repetida outra aplicação entre 6 meses e 1 ano pos tratamento, chegando bem proximo dos 100% de probabilidade de cura
 
OBS: O equipamento utilizado para  uma unica aplicação deve ser o que usa ondas eletrohidraulicas.
O equipamento por ondas radiais, necessita sempre mais aplicações para atingir o mesmo objetivo.
  Mande sua SUGESTÃO ou DÚVIDAS?
Nome:
E-mail:
Telefone:
Sugestão ou Dúvida:
  Parceiros Médicos


  Parceiros Comerciais
  Acessos: 63412
©2017 - www.FISIOCLÍNICA.com - Todos os direitos reservados - [ by WebIcone ]